domingo, 10 de novembro de 2013

O sentido da minha vida.

Nova Aliança SP: 05-11-2013.

“Eu sou feliz, por mais que não pareça, sempre guardo um restinho de felicidade. Não importando, se ela é de alguma lembrança ou pelo sorriso de alguém. Ser feliz, não é apenas ter o amor desejado, ser feliz é saber que cada momento da sua vida é importante.
Podemos acreditar que tudo que a vida nos oferecerá no futuro é repetir o que fizemos ontem e hoje. Mas, se prestarmos atenção, vamos nos dar conta de que nenhum dia é igual a outro. Cada manhã traz uma benção escondida; uma benção que só serve para esse dia e que não se pode guardar nem desaproveitar.
Se não usamos este milagre hoje, ele vai se perder.
Este milagre está nos detalhes do cotidiano; é preciso viver cada minuto porque ali encontramos a saída de nossas confusões, a alegria de nossos bons momentos, a pista correta para a decisão que tomaremos.


Nunca podemos deixar que cada dia pareça igual ao anterior porque todos os dias são diferentes, porque estamos em constante processo de mudança.

Não sigo o Judaísmo impulsionada por alguém,por ser viável para mim ou por me trazer algum benefício.Tenho o Judaísmo como fé por amor ao povo do Eterno,seus princípios e por ficar maravilhada todas as vezes que leio Sua Santa Torá''.


O Judaísmo é a "menina dos olhos de Hashem!" 

Nenhum comentário:

Postar um comentário