quarta-feira, 9 de julho de 2014

Amor, esposo, filhos e responsabilidades...

Amor talvez seja um assunto mais abstruso para se falar, por ser um pouco "complexo"; você espera todo um tempo para encontrar sua alma gêmea, e pela primeira vez acha que por algum momento a encontrou, mas é surpreendida!!! A constituição de família e a continuidade da espécie é uma mitsváh (mandamento), ''espero um dia ser abençoada para conseguir cumpri-la com excelência e ser uma Eshet Chayil na vida do meu futuro marido''... a Torah explica que, enquanto HaShem criava o mundo, Ele revia o seu trabalho diariamente e afirmava: “Esta bom”; há apenas uma vez em que Ele disse: “Não está bom”; foi quando depois que criou Adan, HaShem afirmou: “Não é bom que o homem esteja só” (segundo mostra Bereshit- Gn 2:18)!! O Eterno não pretendeu dar nesse trecho uma revelação Divina sobre a solidão; segundo a midrash, a frase implica tudo aquilo que havia sido previamente considerado bom, não seria bom de verdade se vivido por uma só pessoa; o que seria: o Paraíso somente é Paraíso quando compartilhado com outra pessoa!! O mundo descreve o casamento como sendo algo ruim ou inútil, porem a Torah é claro em ser alerta sobre a condição de solteiro; o Talmud estabelece inequivocamente que: “quando um homem não tem uma esposa, vive sem alegrias, sem benções sem bens”; além disso, uma pessoa solteira é considerada “deficiente”, e incompleta; lembrem-se só Chavah completou o dia de Adan!! É amigos, esse é um dos motivos, porque toda mãe judia pressiona constantemente seus filhos para que se cassem; é mais do que um fenômeno cultural, isso está enraizado na religião judaica!!! Foi a Torah que fez com que o casamento deixasse de ser uma opção para ser uma mitsváh (mandamento), pois está escrito: “Portanto deixará o homem o seu pai e sua mãe, e unir-se-á à sua mulher, e serão uma só carne” (Bereshit- Gn 2:24)!! Pessoas não-judias podem dizer que um solteiro é alguém que não quer cometer erros, mas os judeus insistem que o solteiro é um pecador que ainda não teve o bom senso de compreender que dois é melhor que um!! Elucidando melhor a ideia do que é alma gêmea, as mulheres procuram por um homem ideal; e os homens buscam mulheres perfeitas; pena que eles não saibam o que já está decretado diante do Eterno!! O Talmud ensina: “Quarenta dias antes da criação de uma criança, uma voz celestial declara: essa e essa filha para esse e esse filho”!! Segundo a tradição mística (Kabalah), noiva e noivo estão predestinados um para o outro; portanto, amor à primeira vista significa, de verdade, que duas almas estão respondendo uma a outra, baseadas em um conhecimento intuitivo superior, as almas do casal em que realmente combina derivam de uma só essência de alma, estando destinados a se unirem em matrimonio!! Nós devemos direcionar nossas tefilot diárias, para que HaShem guarde a alma gêmea e que possamos ser apresentados na hora determinada por Ele, sem ser confundida!!

Nenhum comentário:

Postar um comentário