sábado, 14 de março de 2015

Shabat Shalom.

Para meditar : Kohelet 3: 01
01 Para tudo há um tempo determinado,sim, há um tempo para todo assunto debaixo dos céus:
- precisamos respeitar isso !
- Não se pode fazer a inversão dos tempos : e querer envelhecer antes de ser criança ! Isso quer dizer ordem dos tempos !
Existe uma outra questão : kohelet
3:15
15 O que veio a ser, já tem sido, e o que virá a ser, já veio a ser; e o próprio [verdadeiro] Elohiym continua a procurar aquilo pelo qual há empenho.
 ( kohelet 1: 9 Aquilo que veio a ser é o que virá a ser; e o que se tem feito é o que se fará; de modo que não há nada de novo debaixo do sol. )
- O que quer nos dizer isso ???
- Que estamos presos a um tempo ,sendo julgados pelas nossas ações , até estarmos livres para o descanso ( shabbat hagadol ) - as coisas acontecidas se repetem nos tempos : até o fim !
- Ordem dos acontecimentos !
- Povo escravizado no Egito : Povo clama libertação : é levantado Moshe para libertar o povo !: é mostrado os sinais ( O'tiym ) : Moshe reúne o povo : então após as pragas 10 : foi pedido um sinal (O't) determinante para separar
 ( hamavedil) quem estaria com o criador e seria liberto : foi pedido o Korban - sacrifício da vitima do Pessach !: ( carneiro ou bode ) - dois ícones de idolatria no Egito - que culmina em a chave de toda essa idolatria , que precisava ser exterminada para que houvesse libertação do povo e retorno a obedecer ao Criador !: 
Shemot 8:23 
23 E deveras porei uma demarcação entre meu povo e teu povo.Amanhã ocorrerá este sinal.”’” ( haveria um O't =sinal que separaria os povos )
Malackiy (mal) 
Malaquias 3:18
18 E vós haveis de ver novamente [a diferença] entre o justo e o iníquo, entre o que serve a Elohiym e o que não o serviu.”
- Aqui está claro : que seria determinante essa diferença !
Bom agora vamos ver outra coisa determinante ! Faraó pede ao povo !
8: 25 Por fim, Faraó chamou Moshé e Aharon, e disse: “Ide, oferecei sacrifícios ao vosso Elohiym no país.” ( Faraó queria que o povo ficasse no Egito mais servindo a Elohiym , mais isso não teria como ! 
Pois para obedecer a Elohiym , teria que sacrificar a idolatria Egipicia !
8:26 
26 Moshé disse, porém: “Não é admissível fazer isso, pois ofereceríamos em sacrifício a YHWH, nosso Elohiym, algo detestável para os egípcios. Suponhamos que sacrificássemos algo detestável para os egípcios, diante dos seus olhos; não nos apedrejariam? 
- Como já vimos antes em estudo : não haveria como , sacrificar na frente dos Egipicios aquilo que eles idolatram fielmente como um Deus ! Portanto haveria um shoque !
- Agora vamos a ordem dos fatos !
Depois do Korban lePessach houve a libertação do povo , e ai houve a contagem do ve'omer para Shavuot ( semanas ) quando foi entregue a Torá ! 3 meses depois da saida do Egito !
- Conclusão : Como pode pessoas de um sistema religioso egipicio,romano ,grego ( cristianismo ) dizer que a lei foi abolida , se nem ao menos foi entregue a eles : como pode ser algo abolido que não foi entregue ????
O Pessach é a porta de saida ( libertação) com o sacrifício do cordeiro - idolo 
( deus), para que a partir dai os chamados a passar essa porta estreita , sejam limpos e recebam a Torá em shavuot depois da retirada do fermento Egipicio !
Portanto : tudo se tem um tempo ! 
Deuteronômio ( Devariym) 32:4
4 A Rocha, perfeita é a sua atuação,
Pois todos os seus caminhos são justiça.
Elohiym de fidelidade e sem injustiça;
Justo e reto é ele. ( Amein )
Os amantes da idolatria , pereceram e perecerão no erro por não terem amor pela verdade , não acharam essa porta de saída ( estreita) e ficaram e ficarão na escuridão dos sistemas religiosos e seus ídolos que nada valem ! 
Sai dela povo !!! 
Porém muitos o egito pegou de volta , por não levantarem o cajado de Moshe ! E outros elegeram cabeças para voltarem ao Egito ressuscitando esse cordeiro
 ( ídolo) como um Deus ! Seguindo a morte !
Devariym 30:15
15 “Vê, deveras ponho hoje diante de ti a vida e o bem, e a morte e o mal.
E vc quer seguir o que ????

Boa reflexão : todah !

Hayme Fernandes

Nenhum comentário:

Postar um comentário