sexta-feira, 6 de novembro de 2015

5ª PARASHAH: Hayyei-Sarah (A vida de Sarah)

No calendário judaico, 24 de Cheshvan de 5776.

 5ª PARASHAH: Hayyei-Sarah (A vida de Sarah)
 - 6ª ALYAH (TRECHO): B'reshit (Gênesis) 25:1-11.

Com a sexta alyah chegamos ao ocaso sereno e glorioso da vida do grande patriarca e amigo de D'us, o nosso pai Abraão. Aos 175 anos ele deixou a vida e entrou definitivamente na História. Por meio dele, do nada, o Eterno formou uma grande nação; seu caráter e envergadura espiritual permanecem um padrão para todos os homens; e o fato deleabandonar todo um passado e sua família por um D'us desconhecido, creditou-lhe com justiça o título de "pai da fé". A trajetória de vida de Abraão desde o início até sua morte encontra paralelos com o povo que descende dele, Israel. Por exemplo:
1. Abraão, durante sua vida, foi uma testemunha solitária da Unicidade de D'us. Israel, ao longo dos séculos, assume a mesma posição;
2. Abraão foi um próspero chefe de tribo, riquíssimo em prata, gado e ouro (Gênesis 13:2). O Estado de Israel, fincado na árida região do Negev, tem surpreendido toda a Terra com sua prosperidade e riquezas, como qualquer boa pesquisa pode comprovar;
3. Apesar da relativamente pouca força de combate a seu serviço, Abraão foi capaz de proezas militares extraordinárias (Gênesis 14:14-16). Israel, hoje, vence conflito após conflito com o Tzahal (Forças de Defesa de Israel), reconhecidamente o mais bem treinado exército do planeta. E vence, mesmo com desvantagem no quesito numérico;
4. Durante sua vida inteira, Abraão foi alvo de grandes milagres do Eterno - sendo o mais extraordinário, o nascimento de um filho com Sarah na velhice de ambos. Com Israel, não tem sido diferente. Ao longo de sua história, o Eterno tem realizado coisas espantosas com, em e através de Israel. E o mais palpável milagre é, talvez, este: após 19 séculos exilados de sua terra, estão aí, de volta, mais fortes do que nunca!
Tudo isso só tem uma explicação: o D'us de Abraão é o D'us de Israel, e este é o D'us que adoramos! Baruch HaShem, e, desde já, shabbat shalom!!!

Fonte: Yochanan Ben Yosef


Um comentário:

  1. Obrigado, chaverah, por compartilhar minha humilde postagem (e pôr meu nome nos créditos finais!)! HaShem continue te abençoando!!!!!!!!!!!!!

    ResponderExcluir