terça-feira, 8 de março de 2016

Misericordia.

Ó Altíssimo e misericordioso D’us da bondade infinita.
Guardião das almas aflitas por descobrirem Teu amor verdadeiro.
Senhor de tudo que existe que é belo.
Salvador da raça humana que a cada dia que nasce nos revela a soberania do Teu reino.
Ó Eterno que nos revela todo o amor que somente um,  o D’us Único é capaz de amar grandemente Sua criação.
Meu coração anseia por trilhar Teus caminhos mesmo que meus pés se machuquem, todavia é do meu agrado seguir-Te com determinação e confiança em Tuas sagradas Leis.
A Torá é minha inspiração para ser o melhor que eu possa ser.
Ó Eterno minha vida pertence a Ti, está em Tuas mãos como a vida de Todos que nascem nos Reinos de Teus domínios.
Não sou capaz de caminhar só sem estar em Tua sagrada companhia.
Deleito-me em Teu amor assim como o sol beija a flor ao nascer do dia.
Tu és a razão do meu viver a luz que expulsa a escuridão da ignorância humana.
Na vastidão dos Teus domínios, ó Eterno, Tu nos assiste e nos conforta na fraqueza de nossas condições humanas.
Tu és a alegria que detona os sofrimentos de todos aqueles que Te amam.
Busque ao Eterno que somente Ele nos vivifica a alma e nos eleva a tal altitude que deixa os anjos com vertigens de olhar a elevação de nossas almas.
Ó Eterno, D’us soberanos dos filhos de Israel, dei-me um coração sempre temeroso ao Teu Santo Nome, que Tuas Leis me abriguem das chuvas da ganancia, da ignorância, da falta de amor ao meu semelhante e da angustia das noites escuras.
Sejas meu D’us, assim como sou Teu adorador.
Somente a Ti adoro como Único D’us e Senhor de minhas vontades.
Ó Eterno, Senhor meu, perfeito és na grandeza de Teu poder.
Ó Altíssimo em cada caminhar vejo a luz que emana de Ti, vou para Ti ao Teu encontro com a certeza que Tu me acolherás.
Tu és a maior riqueza que um judeu pode ter, Tuas promessas nos embalam e nos direcionam para o bem e para a paz.
Tua Divina revelação me enche de esperança e de potencial para encarar os obstáculos espinhosos de meu caminhar.
Sei que me ouvis, ó Eterno, sei  que me compreendes. Somente Tu és digno dos louvores dos filhos de Israel e das nações que reconhecem a Ti como o Único D’us verdadeiro.
Bendito seja Teu Nome para todo sempre, ó Eterno, meu D’us.

(Odiézio Moldes)

Bendito seja o Eterno, o D’us de Israel.

Judaísmo faz bem!

Nenhum comentário:

Postar um comentário