quinta-feira, 24 de novembro de 2016

Sara, a mulher Judia.

O Midrash nos conta que Sara mereceu três milagres especiais porque era meticulosa na observância das três "mitzvot" dadas especificamente às mulheres:
acender as velas do Shabat ("Hadlakat "n"erot"), separar a "CHalá" da massa, e cumprir as leis relacionadas à pureza familiar("Nidá") – é o acróstico de CHANAH. Em troca, D'us a recompensou com três bênçãos:
Por ser cuidadosa em tirar a chalá, sua massa foi abençoada.
 Como recompensa por cumprir a "mitzvá" de acendimento das velas, suas luzes ardiam da véspera de um Shabat até o próximo.
 Por seguir as leis de "Taharat Hamishpachá", Pureza Familiar, a nuvem da "Shechiná" pairava sobre sua tenda, pois o estado de pureza atrai a Presença Divina.


Nenhum comentário:

Postar um comentário