sexta-feira, 28 de junho de 2013

Judaísmo: a religião monoteísta mais antiga


O judaísmo é a mais antiga das quatro religiões monoteístas do mundo e a que tem o menor número de fiéis. Ao todo são cerca de 12 a 15 milhões de seguidores. Segundo analistas, se não houvesse o Holocausto - matança em massa de judeus, ocorrida entre as décadas de 30 e 40 no século 20 -, o número de judeus seria de 25 a 35 milhões em todo o mundo. E muitos deles viveriam na Europa.
Atualmente, a maioria dos judeus vive em Israel e nos Estados Unidos. Na Europa, a maior comunidade judaica encontra-se na França. O judaísmo não é uma religião missionária, à procura de converter pessoas. Aqueles que se convertem, no entanto, devem observar os preceitos da Torá (a lei judaica), que incluem, entre outras coisas, a circuncisão masculina.
Origens
O começo do judaísmo como uma religião estruturada acontece com a transformação dos judeus em um povo influente através de reis como Saúl, Davi e Salomão, que construiu o primeiro templo em Jerusalém. Mas em cerca de 920 a.C, o reino de Israel se dissolve, e os judeus começam a se dividir em grupos. Essa foi a época chamada de Era dos Profetas. Em cerca de 600 a.C, o templo é destruído e a liderança israelita assassinada.
Vários judeus foram enviados para a Babilônia. Apesar de alguns serem autorizados a retornar a casa, muitos permaneceram no exílio formando aí a primeira Diáspora, que significa ¿viver afastado de Israel".

quinta-feira, 27 de junho de 2013

Sopa de cebola à moda Israelense.

 ingredientes para 4 ou 5 pessoas:

4 Cebolas Grande
3 Dentes de Alhos
2 Colheres de Óleo de Canola
1 Litro de água
1 taça de vinho branco ou vinho tinto
1 ramo de cheiro verde
1 noz moscada
1 Limão
1 Batata
1 colher de sopa de sal
100 grama de queijo parmesão ou queijo prato

Modo de  Preparo

Descascar e cortar as Cebolas e os Alhos em tirar finas
Fritar as Cebolas e os Alhos com óleo de canola
Após ambos ficarem bem dourado, acrescentar um litro de água cuidadosamente para começar a cozinhar
Raspe a noz moscada e a casca do limão e acrescente-os na sopa
Picar o cheiro verde e acrescentar na sopa
Deixar cozinhar tudo por 10 minutos
Enquanto isso, cozinhe a batata, após cozida, amasse-a e dissolva-a na sopa para torná-la mais espessa
Acrescentar o vinho e deixar a sopa cozinhar por mais 10 minutos
Se você utilizar o queijo prato, pode apos cobri-la com fatias de queijo, grlhar a sopa antes de servir no forno a 250 graus e 5 minutos(muito cuidado com o forno).

Como servir.

Acrescente a sopa em pratos fundos
Coloque sobre cada prato uma ou duas fatias de queijo, elas se derreteram acrescentando mais sabor e textura.
Se você utilizar parmesão, pulverize sobre a sopa uma boa quatidade. 


quarta-feira, 26 de junho de 2013

violência dentro de casa nunca mais.

A violência é a resposta de quem não tem razão.
De uma pessoa enfurecida que pensa que é teu dono e que 
você não tem direitos a nada, tem que obedece lo, 
você se sente um lixo, uma prisioneira, 
você olha ao teu redor e não vê saída, você chora, quer morrer,
você se torna uma mulher com medo de tudo, de todos, não confia em ninguém, os homens para você se torna todos iguais, tua vida se torna um desespero só,   
até que você consegue vencer.   
Por isso e mais.... não consigo confiar em nenhum homem, e decidi viver a minha vida só. não quero mais  me casar de novo, nunca mais, sei que neste mundo tão grande existem homens bons, honestos, sinceros, zelosos por sua esposa e filhos 
fico muito feliz de saber, mas já tentei e isso pra mim não é real, demorei para aceitar tal decisão..., mas já decidi.
      violência dentro de casa nunca mais.

terça-feira, 25 de junho de 2013

A TPM -tensão pré mestrual.

consiste de uma série de sintomas que a mulher apresenta na segunda metade do ciclo mestrual.
Entre os sintomas estão: cansaço, nervosismo, irritação, ansiedade, alteração do humor,
depressão, dificuldade de concentração, cefaleia (dor de cabeça), dor ou aumento da sensibilidade das mamas e retenção de líquidos causando inchaço ou dor nas pernas.
A TPM  pode interferir na vida da mulher, afetando seu trabalho, sua vida social e emocional.
O tipo de tratamento utilizado depende do grau dos sintomas e da interferência na qualidade de vida
da mulher.
Adquirir  alguns hábitos alimentares e comportamentais pode ajudar a diminuir ou melhorar
os sintomas da TPM: diminuir a ingestão de gordura, sal, açúcar, cafeína, álcool; parar de fumar;
fazer exercícios regulares; criar o hábito de relaxar para diminuir o estresse.

         HORA DE RELAXAR

Fique de pé, feche os olhos, inspire profundamente pelo nariz e soltando o ar pela boca.
Sinta o chão em pisa e o ambiente que o rodeia, ouça as batidas de seu coração, sinta seu 
corpo e seus pensamentos. Deixe o passado e não questione o futuro.
Sinta se como se tivesse acabado de nascer e abra os olhos para o seu primeiro dia de vida.

segunda-feira, 24 de junho de 2013

Carneiro no Forno (Pessach)

Ingredientes:

• Um coxa de Cordeiro
• Meio copo de azeite puro.
• Tempero composto de limão e
 pimenta do reino.
• Sal e pimenta a gosto.
• Uma cabeça de alho.
• Um ramo de alecrim.
• 2 copos e meio de vinho branco.

Modo de Preparo.

No dia anterior misturam-se todos os temperos com o azeite e passe-se a mistura na coxa do cordeiro e devolva-o a refrigeração
No dia de Pessach retirá-lo pelo menos uma hora antes de assá-lo, para que a coxa esteja na temperatura do ambiente; coloca-se a coxa em uma forma.
Espalha-se sobre a forma os dentes de alho descascados, coloca-se a coxa o ramo de alecrim.
Esquenta-se o forno até 280% e coloca-se a coxa para assar por 20 minutos, então abaixa-se a temperatura para 180% e acrescenta-se de vez enquanto o vinho, vira-se a coxa somente uma vez enquanto se assa, no meio do tempo total, que dura cerca 1 hora e meia.
Aconselha-se servir a coxa do carneiro inteirinha na mesa.

Bom Apetite!!!
 BeTeavon!!!

domingo, 23 de junho de 2013

Conhecendo a história do povo judeu


Judaísmo (em hebraico יהדות) é o nome dado à religião do povo judeu, a mais antiga das três principais religiões monoteístas (as outras duas são o cristianismo e o islamismo).

Surgido da religião mosaica, o judaísmo, apesar de suas ramificações, defende um conjunto de doutrinas que o distingue de outras religiões: a crença monoteísta em YHWH (às vezes chamado Adonai ("Meu Senhor"), ou ainda HaShem ("O Nome") - como criador e D'us e a eleição de Israel como povo escolhido para receber a revelação da Torá que seriam os mandamentos deste D'us. Dentro da visão judaica do mundo,D'us é um criador ativo no universo e que influencia a sociedade humana, na qual o judeu é aquele que pertence a uma linhagem com um pacto eterno com este D'us.

Há diversas tradições e doutrinas dentro do judaísmo, criadas e desenvolvidas conforme o tempo e os eventos históricos sobre a comunidade judaica, os quais são seguidos em maior ou em menor grau pelas diversas ramificações judaicas conforme sua interpretação do judaísmo. Entre as mais conhecidas encontra-se o uso de objetos religiosos como o kipá, costumes alimentares e culturais como cashrut, brit milá e peiot ou o uso do hebraico como língua litúrgica.

Ao contrário do que possa parecer, um judeu não precisa seguir necessariamente o judaísmo ainda que o judaísmo só possa ser necessariamente praticado por judeus. Hoje o judaísmo é praticado por cerca de treze milhões de pessoas em todo o mundo. Da mesma forma, o judaísmo não é uma religião de conversão, efetivamente respeita a pluralidade religiosa desde que tal não venha a ferir os mandamentos do judaísmo. Alguns ramos do judaísmo defendem que no período messiânico todos os povos reconhecerão YHWH como único D'us e submeter-se-ão à Torá.
A Bíblia é a referência para entendermos a história deste povo. De acordo com as escrituras sagradas, por volta de 1800 AEC, Abraão recebeu uma sinal de D'us para abandonar o politeísmo e para viver em Canaã (atual Israel). Isaque, filho de Abraão, tem um filho chamado Jacó. Este luta , num certo dia, com um anjo de D'us e tem seu nome mudado para Israel. Os doze filhos de Jacó dão origem as doze tribos que formavam o povo judeu. Por volta de 1700 AEC, o povo judeu migra para o Egito, porém são escravizados pelos faraós por aproximadamente 400 anos. A libertação do povo judeu ocorre por volta de 1300 AEC.

A fuga do Egito foi comandada por Moisés, que recebe as tábuas dos Dez Mandamentos no monte Sinai. Durante 40 anos ficam peregrinando pelo deserto, até receber um sinal de D'us para voltarem para a terra prometida, Canaã. Jerusalém é transformada num centro religioso pelo rei Davi. Após o reinado de Salomão, filho de Davi, as tribos dividem-se em dois reinos : Reino de Israel e Reino de Judá. Neste momento de separação, aparece a crença da vinda de um messias que iria juntar o povo de Israel e restaurar o poder de D'us sobre o mundo.

Em 721 AEC começa a diáspora judaica com a invasão babilônica. O imperador da Babilônia, após invadir o reino de Israel, destrói o templo de Jerusalém e deporta grande parte da população judaica. No século I, os romanos invadem a Palestina e destroem o templo de Jerusalém. No século seguinte, destroem a cidade de Jerusalém, provocando a segunda diáspora judaica. Após estes episódios, os judeus espalham-se pelo mundo, mantendo a cultura e a religião. Em 1948, o povo judeu retoma o caráter de unidade após a criação do estado de Israel.

Apenas sentimentos.

Amadurecer não é tornar sua alma independente, isolada na solitária de si mesmo. O nome disso é egoísmo. Amadurecer é aprender que a felicidade depende sempre de um ombro amigo, de um sorriso mútuo, de lágrimas que escorrem juntas e de corações que não hesitam em amar o outro

Sinto sozinho como aquela lua solitária , que nos olha curiosa todas as noites a suspirar.
A exemplo da lua solitária insisto em te procurar.
Pois sei que tem um ser divino a me iluminar...

Dói demais ir dormir chorando, né?
Você é o brinquedo caro e eu a criança pobre. O menino solitário que quer ter o que não pode...'

O amor é algo sozinho, solitário. Os outros não entendem a nossa dor, porque o amor deles não é igual o nosso. Cada um tem o seu.

E quantas vezes você deixou uma lágrima tirar o seu sorriso?

Festas Judaicas



As datas das festas religiosas dos judeus são móveis, pois seguem um calendário lunisolar. As principais são as seguintes:

Purim - os judeus comemoram a salvação de um massacre elaborado pelo rei persa Assucro.

Pessach - comemora-se a libertação da escravidão do povo judeu no Egito, em 1300 AEC

Shavuót - celebra a revelação da Torá ao povo de Israel, por volta de 1300 AEC

Rosh Hashaná - é comemorado o  Ano-Novo judaico.

Yom Kipur - considerado o dia do perdão. Os judeus fazem jejum por 25 horas seguidas para purificar o espírito.

Sucót -  refere-se a peregrinação de 40 anos pelo deserto, após a libertação do cativeiro do Egito.

Chanucá - comemora-se o fim do domínio assírio e a restauração do tempo de Jerusalém.

Simchat Torá - celebra a entrega dos Dez Mandamentos a Moisés.
Símbolos

Keará
A Keará é uma bandeja especial usada na noite do Sêder (jantar cerimonial em que recordamos a história do Êxodo) de Pessach (Páscoa judaica). Geralmente tem seis entalhes circulares, onde os alimentos simbólicos são colocados para serem exibidos. Enquanto a Hagadá é lida (um livro de orações para Pessach), os alimentos são apontados para que o simbolismo de cada um deles seja explicado. Os alimentos simbólicos são: Marór (ervas amargas), Carpás (uma verdura), Chazéret (uma verdura, mais amarga), Charósset (uma mistura de maçã com nozes), Zerôa (pé ou pescoço de uma ave, assado) e Betsá (ovo duro queimado na casca). 

Shofar
É um dos instrumentos de sopro mais antigos do mundo. Em tempos bíblicos, seu uso mais importante era para intimidar o inimigo, declarar guerra e convocar a população para se reunir. Originalmente, o Shofar era tocado para anunciar o começo de cada mês (a lua nova). De acordo com a tradição, no primeiro dia de Elul (último mês do calendário judaico), um mês antes de Rosh Hashaná (ano novo judeu), Moisés subiu ao topo do Monte Sinai para receber os Dez Mandamentos pela segunda vez. Ele tocou o Shofar para fazer os hebreus se lembrarem de que não deveriam pecar e nem construir outro bezerro de ouro. Da primeira vez que Moisés subira ao Monte para receber os mandamentos, os filhos de Israel haviam construído um bezerro de ouro, que foi condenado por Moisés (por representar a idolatria a falsos deuses, Êxodo 32). Por esse motivo, o Shofar não é feito com chifres de vaca. Ao invés disso, é feito com chifres de carneiro, em comemoração à não ocorrência do sacrifício de Isaac. Há uma passagem que conta que Abraão deveria sacrificar seu filho único, Isaque, para provar sua fé. Mas, no último momento, Deus disse que o sacrifício não era necessário, e um carneiro foi sacrificado no lugar de Isaque. Para honrar esse animal, os judeus usam um chifre de carneiro nos serviços religiosos. A partir da passagem de Moisés, o Shofar, que até então era tocado somente no primeiro dia de Elul, passou a ser tocado durante todo o mês, para lembrar a todos que os Dias de Reverência estão chegando, e que se deve fazer um exame de consciência e aperfeiçoar o comportamento.

Kós Eliahu Hanavi (Cálice de Elias, o Profeta)
Elias foi um grande profeta, que dominou o cenário de Israel há vinte e oito séculos. Foi a “consciência” de Israel durante os dias do reinado de Acab e da rainha Jezebel. Com o tempo, o nome e a pessoa de Elias se tornaram sinônimos de messianismo, no Judaísmo. De acordo com a tradição, Elias não morreu; subiu ao céu numa carruagem e desapareceu. Seu retorno tem sido esperado por gerações de judeus, desde então. O retorno de Elias, acreditam alguns judeus, marcará o advento de uma era de harmonia, paz e entendimento entre os povos e as nações. O cálice de Elias, que se coloca na mesa do Sêder (jantar cerimonial em que recordamos a história do Êxodo) de Pessach (Páscoa judaica), simboliza que Elias será uma visita bem vinda. Conforme a tradição, na noite do Sêder , Elias visita todos os lares judaicos, com mensagens de fé, esperança, paz e harmonia. Em determinado momento da cerimônia, os judeus enchem a taça e abrem a porta da casa, para que Elias possa entrar. Esse ato representa a abertura para a volta da era messiânica.

Torá
A palavra “Torá” refere-se, originalmente, a uma instrução particular transmitida ao povo por um porta-voz de Deus, como um profeta ou sacerdote. É muitas vezes traduzida como “Lei”. Seus ensinamentos consistem na essência da primeira divisão da Bíblia, compreendendo os livros Gênese, Êxodo, Levítico, Números e Deuteronômio. A palavra “Torá” também serve para designar essa unidade, também conhecida como Pentateuco (da expressão grega para cinco pergaminhos), ou “os cinco livros de Moisés”, pois acredita-se que esses escritos tenham sido feitos por Moisés. Existem alusões à Torá nos últimos livros da Bíblia; os rabinos aceitavam-na como verdadeira. 
O livro do Gênese começa com um relato da criação do mundo, do princípio da vida e da civilização humana. Seguem-se, e ocupam o restante do livro, as narrativas dos patriarcas. São histórias humanas, de proporções épicas e profundas introspecções. Tem um significado supra-histórico devido ao tema da Aliança de Deus com Abraão e seus descendentes.
O livro do Êxodo move-se rapidamente da escravização dos descendentes de Jacó no Egito até sua libertação sob o comando de Moisés. Também fala sobre a manifestação de Deus no Monte Sinai, onde a Aliança é reafirmada, restabelecida e todo povo se compromete a obedecer às suas leis. Desse ponto em diante, por todo o restante do Pentateuco, a narração se torna mais dispersa e a legislação toma o seu lugar.
O livro do Deuteronômio recapitula as leis, em menor escala, as narrativas dos livros precedentes, na estrutura dos discursos de Moisés, terminando com a sua morte.

Chamsa
Talismã em formato de mão, com cinco dedos estendidos, como proteção contra a inveja e mau-olhado. O símbolo da mão era usado desde a antiguidade pelos fenícios, gregos e romanos, como um meio de afastar energias negativas. Mais tarde, esse amuleto tornou-se popular no norte da África e no Oriente Médio. Entre os Árabes, passou a ser conhecido como a “Mão de Fátima”, filha de Maomé. Os judeus, convivendo durante séculos como os povos árabes, incorporaram o costume. Junto ao povo judaico, é chamado de “Mão de Miriam” (irmã de Moisés e Aarão). O símbolo também pode ser associado à Torá, por esta ser composta por 5 livros, representados pelos 5 dedos. A Chamsa, porém, não tem fundamento algum na lei judaica. Possui uma simbologia cabalística, para proteção do ambiente. Tem valor numérico igual a cinco, valor que afasta a energia negativa e também representa os cinco dedos da mão de Deus nos protegendo. Pode aparecer com peixes pendurados, representando a prosperidade, ou com desenhos de olhos, pombos e estrela de David.

Kidush
Kidush ("santificação") é a bênção recitada sobre o vinho ou suco de uva, para santificar o Shabat (dia santo de descanso semanal) ou as festas judaicas. O vinho era usado diariamente nos tempos talmúdicos, e uma bênção era recitada antes de tomá-lo. Como o Shabat é um dia santo, a santidade era reforçada recitando essa oração adicional. De acordo com o Talmud (compêndio das leis judaicas), o Kidush foi introduzido entre os séculos VI e IV AEC pelos membros da Grande Assembléia. Ele celebra dois eventos: a Criação e o Êxodo. O Kidush também é cantado na Sinagoga para as pessoas de fora, que estão na cidade passando o Shabat ou a festa distante de seus lares. A oração é para que eles tenham a oportunidade de ouvir a benção na companhia de outros judeus.

Mezuzá (Caixa que protege o pergaminho)
Mezuzá (do hebraico, umbral) é o nome da lei da Torá que ordena que seja fixado no umbral das portas um pequeno pergaminho com as passagens da Torá sobre essa lei ("Shemá" e "Vehaiá", Deuteronômio 6:4-9 e 11:13-21). Para se proteger o escrito, tornou-se costume enrolar o pergaminho e introduzi-lo em um recipiente com uma pequena abertura perto do extremo superior (Bait). O Klaf (pergaminho) deve ser guardado dentro da Bait de forma que a palavra "Shadai", escrita nele, fique visível através da abertura: o acrônimo "Shadai" deve aparecer no pergaminho da mezuzá porque suas três letras – shin, dalet e iud – são um sinônimo de Deus. O acrônimo foi criado a partir das primeiras letras da frase em hebraico “shomer dlatot Israel”, “guardião das portas de Israel”. Hoje em dia, muitas caixas para Mezuzá são desenhadas de modo elaborado e não têm aberturas para deixar que se veja a palavra Shadai. Para cumprir a finalidade de servir como lembrete aos judeus, para se conscientizarem e se elevarem na direção de Deus, a Mezuzá é fixada sempre no terço superior do batente direito da porta (altura dos olhos) da casa e da maior parte de seus cômodos. É da tradição judaica beijar um objeto sagrado como gesto de reverência. Muitos judeus seguem o costume (de origem talmúdica) de tocar a Mezuzá com a ponta dos dedos, beijá-los e dizer “Que Deus proteja minha saída e minha entrada, agora e para sempre”.

Tefilin (Filactérios)
Tefilin (com raiz na palavra “tefilá”, significando "prece") é o nome dado a duas caixinhas de couro, cada qual presa a uma tira também de couro, dentro das quais está contido um pergaminho com os quatro trechos da Torá em que se baseia o uso dos filactérios (Shemá Israel, Vehaiá Im Shamoa, Cadêsh Li e Vehayá Ki Yeviachá).
Há quatro referências na Bíblia (Êxodo 13:9 e 13:16 e Deuteronômio 6:8 e 11:18) que enfatizam que os judeus devem usar um símbolo “sobre tua mão e como memória entre teus olhos”, que sirva como lembrete para obedecer aos mandamentos de D’us (Deus) e, em particular, como um lembrete de que Ele os redimiu da escravidão do Egito e os conduziu até a terra prometida.
Os Tefilin são um símbolo de fé e devoção. A Tefilá (singular de Tefilin) colocada na cabeça simboliza a lealdade intelectual; a Tefilá colocada na mão recorda àquele que a coloca de que deve servir a Deus com todas as suas forças. 
A raiz da palavra significa “julgar” ou “interceder”. As pessoas destras devem usar a Tefilá na mão esquerda, ao passo que as canhotas a usam na mão direita. Uma das interpretações para se usar a tefilá na mão mais fraca é que o livro Deuteronômio, onde se encontra a lei referente à mezuzá (caixa que protege o pergaminho; veja símbolo acima) e aos tefilin, estabelece que “... as atarás, como sinal na tua mão” (6:8), seguida por “e as escreverás nos umbrais de tua casa, e nas tuas portas” (6:9).
A partir da ordem destes versículos, os rabinos concluíram que “a mão que escreve deve ser a mesma que ata”. Portanto, se alguém escreve com a mão direita, deve enrolar as tiras de sua Tefilá sobre a mão esquerda, usando a mão direita.
Os Tefilin são usados como um símbolo do desejo de afirmar a presença e o poder de D’us (Deus). Como o Shabat (dia santo de descanso semanal) e as festas, por si próprias, são observadas para demonstrar a devoção a Deus, é desnecessário usar os Tefilin nestes dias.

Talit (Xale de Orações)
Acessório religioso em forma de um xale feito de seda, lã ou linho. Tem franjas em suas extremidades ("tsitsiot" ) . É usado na hora das preces judaicas, principalmente no momento da oração de Shacharit (primeiras orações feitas pela manhã). O Talit é usado por homens quando rezam, nos serviços religiosos matutinos, isto é, quando há luz suficiente para que as franjas sejam vistas com facilidade. De todas as vestimentas associadas com a vida judaica, nenhuma é mais importante que o Talit e os Tefilin (filactérios). A referência ao Talit na Bíblia aparece em 15:37-41, onde se diz a Moisés: “Fala aos filhos de Israel e dize-lhes que façam para eles as franjas sobre as bordas de suas vestes”, de modo que cada vez que virmos as franjas nos lembremos dos mandamentos de Deus. O Talit foi criado como uma vestimenta para conter as franjas (tsitsiót). Os cabalistas falam do Talit como uma vestimenta especial que inspira temor e reverência durante a oração. Originalmente, a palavra significava “túnica” ou “manto”. A benção recitada, ao envolver-se com o Talit, termina com as palavras “lehitatêf betsitsit” (envolver-se com o tsitsit - franja). Alguns Talitót (plural de Talit) têm listras pretas, outros azuis. A atará (literalmente, “diadema”) é uma faixa costurada na parte superior do Talit, para sabermos de que modo colocá-lo sobre os ombros, já que o Talit é retangular.  Para evitar a falta de respeito diante de um objeto sagrado, e para assegurar que não seja manuseado erroneamente, uma atará foi costurada em cada Talit.

Maguen David (Estrela de David)
As palavras “Maguen David”, geralmente traduzidas por "Estrela de David", significam, na verdade, "Escudo de David".
Em épocas antigas, o hexagrama (estrela de seis pontas) era empregado nos mosaicos romanos como desenhos decorativos, sem significado especial. Seu uso mais antigo em uma Sinagoga data de 1800 anos atrás, quando apareceu perto de uma estrela de cinco pontas (pentagrama). No século VI, na Itália, o emblema da estrela de David apareceu pela primeira vez em um túmulo.
A origem da estrela de David é nebulosa e provavelmente não tem ligação alguma com o rei David. Achamos que entre os anos 1300 e 1700, os místicos judeus (cabalistas) usavam os termos “Escudo de David” e “Escudo de Salomão” de modo equivalente, em geral em conexão com as discussões sobre magia.
A estrela de David aparece como emblema especificamente judaico em Praga, no século XVII, onde apareceu no selo oficial da comunidade e em livros de oração impressos. Em 1897, foi adotado com símbolo pelo Primeiro Congresso Sionista e em 1948, tornou-se a figura central do novo Estado de Israel. Para a maioria das pessoas que a usa, ele é um símbolo da identificação com o povo judeu.

Kipá (Solidéu)
Pequeno chapéu em forma de circunferência, utilizado pelos judeus como símbolo da religião e do "temor a Deus".
Segundo o Judaísmo, o homem foi criado "à imagem de Deus". Portanto, ele deve vestir-se com dignidade. A cabeça, como fonte da moral, representa a parte mais importante do corpo humano. Cobrindo a cabeça, somos lembrados da onipresença divina e nos conscientizamos de que a humildade é a essência da religião.
A verdade é que ninguém sabe ao certo como, quando e por que surgiu o costume. Durante muito tempo, as autoridades religiosas não consideravam obrigatório o usa da kipá. Somente no século XIX, face ao perigo da assimilação, os judeus ortodoxos adotaram a kipá como símbolo da particularidade judaica e fizeram do costume uma lei.

Chai
O Chai (que significa “vivo, vivente, vida”) é um amuleto muito popular, considerado uma expressão da identidade judaica por aqueles que o usam.
Desde os tempos talmúdicos, os judeus de Israel e da Babilônia usavam amuletos para se proteger de energias negativas e mau-olhado.                                                             
Já que o valor numérico combinado das duas letras hebraicas (o “chet” e o “iud”) que formam a palavra "chai" é dezoito (chet vale oito e o iud vale dez), costuma-se, entre os judeus, fazer contribuições para caridade de chai (dezoito) reais ou múltiplos de dezoito.

Menorá (Candelabro)
A Menorá era, antigamente, um candelabro de sete braços: peça central no Tabernáculo do deserto e no Primeiro e Segundo Templos de Jerusalém. Após a destruição dos dois Templos, desenvolveu-se uma tradição de que seus objetos sagrados não deveriam ser reproduzidos. Portanto, qualquer Menorá construída posteriormente deveria ter um número de braços diferente de sete, geralmente seis.
A proibição da Menorá de sete braços não é uma lei, mas sim um costume que é respeitado em algumas Sinagogas, a fim de não ferir a sensibilidade dos mais ortodoxos. Os que não seguem este costume argumentam que as Menorót (plural de Menorá) de sete braços não são cópias do candelabro existente no Templo, porque as Menorót modernas são elétricas, bem diferentes da original, que era limpa todos os dias, cujas mechas eram trocadas e à qual se adicionava azeite fresco. Uma estrela de David é comumente afixada no braço central da Menorá de seis braços.

Velas de Havdalá
São velas usadas em Havdalá (cerimônia realizada sempre no final do Shabat e das festas. Marca a passagem de um dia sagrado para um dia de rotina).
Originalmente, mantinham-se duas velas acesas durante a cerimônia de Havdalá, porque a oração que se pronuncia usa a palavra "luz" no plural:  “Bendito sejas Tu...que criaste as luzes do fogo” (“borê meorê haesh”).
Hoje em dia, em substituição, usamos uma única vela trançada com pavio duplo. Ela propicia uma chama semelhante à de uma tocha, para satisfazer o versículo se Salmos (19:9): “O mandamento do Eterno é puro, ilumina os olhos”. As combinações de cores mais comuns são azul e branco ou vermelho e branco.

sexta-feira, 21 de junho de 2013

Saudade de ti....

shalom a todos!!
Um dia a maioria de nós irá se separar. Sentiremos saudades de todas as conversas jogadas fora, as descobertas que fizemos, dos sonhos que tivemos, dos tantos risos e momentos que compartilhamos...

Saudades até dos momentos de lágrima, da angústia, das vésperas de finais de semana, de finais de ano, enfim... do companheirismo vivido... Sempre pensei que as amizades continuassem para sempre...

Hoje não tenho mais tanta certeza disso. Em breve cada um vai pra seu lado, seja pelo destino, ou por algum desentendimento, segue a sua vida, talvez continuemos a nos encontrar, quem sabe... nos e-mails trocados...

Podemos nos telefonar... conversar algumas bobagens. Aí os dias vão passar... meses... anos... até este contato tornar-se cada vez mais raro. Vamos nos perder no tempo...

Um dia nossos filhos verão aquelas fotografias e perguntarão: Quem são aquelas pessoas? Diremos que eram nossos amigos. E... isso vai doer tanto!!! Foram meus amigos, foi com eles que vivi os melhores anos de minha vida!

A saudade vai apertar bem dentro do peito. Vai dar uma vontade de ligar, ouvir aquelas vozes novamente... Quando o nosso grupo estiver incompleto... nos reuniremos para um último adeus de um amigo. E entre lágrima nos abraçaremos...
Faremos promessas de nos encontrar mais vezes daquele dia em diante. Por fim, cada um vai para o seu lado para continuar a viver a sua vidinha isolada do passado... E nos perderemos no tempo...

Por isso, fica aqui um pedido desta humilde amiga: não deixes que a vida passe em branco, e que pequenas adversidades sejam a causa de grandes tempestades...
Que D'us abençoe vcs sempre ...Felicidades ....

Faz de conta.... que você ainda esta aqui comigo....




Faz de conta que o céu tá bonito, que a saudade é pequena e que a fé é muita. Faz de conta que a dor foi-se embora. Faz de conta que ama e que é amada. Faz de conta que nada mais sangra, que o sonho não acabou e que o riso é constante. Faz de conta que num piscar de olho a gente constrói o que a gente quiser. Faz de conta que o amor é tanto que corre das veias e chega a sobrar. Faz de conta que a inocência ainda existe e tá pertinho da gente. Faz de conta que as pessoas que a gente gosta apareçam em sonho. Faz de conta que o fio da vida é longo e que nele cabe a eternidade. Faz de conta que as cantigas ocupam o lugar do choro. Faz de conta que a gente consegue desatar os nós de marinheiro que a vida dá. Faz de conta que não é preciso inventar.

Vaso Novo.

- Shalom  Shalom 
- Para Meditar : - Mat 24 :15 Diz
- 15“Portanto, quando avistardes a coisa repugnante que causa desolação, conforme falado por intermédio de Daniel, o profeta, estar em pé num lugar santo, (que o leitor use de discernimento,)


- A que se refere Daniel .....  ( Com isso ....)
- para entender Daniel , terá que viver Daniel ..... o que Daniel fez .....
- Vamos ver aqui um pouco : O que Daniel fez ....
- Daniel 1: 08 Diz

-
8Mas, Daniel decidiu no coração não se poluir com as iguarias do rei e com o vinho que bebia. E ele persistiu em solicitar do principal oficial da corte que lhe [permitisse] não se poluir.
- Houve Uma separação total de Daniel com relação a Alimentação  ( Pshat e Sod ) , quanto a Alimentação fisica e tbm espiritual .
- Veja : - 12 -
Por favor, põe os teus servos à prova por dez dias, e dêem-se-nos alguns legumes para comer e água para beber;13e compareçam perante ti nossos semblantes e o semblante dos mancebos que comem as iguarias do rei, e faze com os teus servos segundo o que vires.”
  ( Aqui mostra a Tremenda diferença entre os que comem e os que não comem as iguarias do Rei ...) - Que Rei é Esse .... ( O Rei de Bavel - quem seria esse Rei ...)
- ( Dieta extrita de Legumes e água ..... )
- Na atualidade os alimentos estão todos contaminados e poluidos , pela Ganância e ambição dos Homens ....que desobedecem ao criador ....... com isso recai um Juizo aos desobedientes ..... ( Salario do Pecado é a Morte ....)
- Devemos nos separar TANTO no ALIMENTO FÍSICO quanto no ESPIRITUAL .....
- Continuação : ( Prémio pela Obediência de Daniel )

- 15E ao fim dos dez dias seus semblantes tinham aspecto melhor e mais cheio de carne do que todos os mancebos que comiam as iguarias do rei.16Portanto, o encarregado continuou a retirar deles as suas iguarias e seu vinho que se bebia e a dar-lhes legumes.
17E no que se referia a estes mancebos, os quatro deles, a estes o [verdadeiro] 'Elohyim deu conhecimento e perspicácia em toda a escrita e sabedoria; e o próprio Daniel tinha entendimento de toda sorte de visões e sonhos.
- O Prémio foi : (
 - 'Elohyim deu conhecimento e perspicácia em toda a escrita e sabedoria; e o próprio Daniel tinha entendimento de toda sorte de visões e sonhos.) - Ele Daniel teve conhecimento e perspicacia em toda a ESCRITA ....... ( A questão dos setenta anos de cativeiro)
- Ele tinha o entendimento de TODO O TANACH ......  e também nas visões e sonhos !!!
- Porém vamos ver o que DANIEL fez :
- Captulo 9
-
4E comecei a orar a YHWH, meu  'Elohyim, e a fazer confissão e a dizer:
“Ai! YHWH, o [verdadeiro] 'Elohyim, o Grande e o Atemorizante, que guarda o pacto e a benevolência para com os que o amam e para com os que guardam os seus mandamentos,5pecamos e cometemos faltas, e agimos iniquamente, e nos rebelamos; e houve um desvio dos teus mandamentos e das tuas decisões judiciais.6E não escutamos os teus servos, os profetas, que falaram em teu nome aos nossos reis, nossos príncipes e nossos antepassados, e a todo o povo da terra.7A ti, ó YHWH, pertence a justiça, mas a nós a vergonha da face, assim como no dia de hoje, aos homens de Judá(Yahudah), e aos habitantes de Jerusalem(Yarushalayim), e a todos os de Israel, os de perto e os de longe, em todas as terras às quais os dispersaste por causa da sua infidelidade com que agiram contra ti.
8“Ó YHWH, a vergonha da face é nossa, de nossos reis, de nossos príncipes e de nossos antepassados, porque pecamos contra ti.9A YHWH, nosso 'Elohyim, pertencem as misericórdias e os atos de perdão, pois nós nos rebelamos contra ele.10E não obedecemos à voz de YHWH, nosso 'Elohyim, por andarmos nas suas leis que ele pôs perante nós pela mão de seus servos, os profetas.11E todos os que são de Israel infringiram a tua lei, e houve um desvio por não se obedecer à tua voz, de modo que derramaste sobre nós a maldição e o juramento escrito na lei de Moshé, o servo do [verdadeiro]  'Elohyim, pois pecamos contra Ele.12E ele passou a cumprir as suas palavras que falou contra nós e contra os nossos juízes que nos julgavam, trazendo sobre nós grande calamidade, tal como não se causara sob todos os céus assim como se causara em Jerusalem (Yarushalayim).13Assim como está escrito na lei (Toráh) dada Moshé, toda esta calamidade — ela veio sobre nós, e não abrandamos a face de YHWH, nosso 'Elohyim, recuando de nosso erro e mostrando perspicácia quanto a tua veracidade.
14“E YHWH se manteve alerta para com a calamidade e finalmente a trouxe sobre nós, porque YHWH, nosso 'Elohyim, é justo em todos os seus trabalhos que fez; e nós não obedecemos à sua voz.
15“E agora, ó YHWH, nosso 'Elohyim, tu que fizeste teu povo sair da terra do Egito(Mitzraim) por mão forte e passaste a fazer um nome para ti mesmo, como no dia de hoje, nós pecamos, temos agido iniquamente.16Ó YHWH, por favor, segundo todos os teus atos de justiça, faze tua ira e teu furor recuar da tua cidade de Jerusalem(Yarushalayim), teu santo (Kadosh) monte; pois, por causa de nossos pecados e por causa dos erros de nossos antepassados, Jerusalem(Yarushalayim) e teu povo são objeto de vitupério para todos os em volta de nós.17E agora, ó nosso 'Elohyim, escuta a oração de teu servo e os seus rogos, e faze a tua face brilhar sobre o teu santuário que está desolado, pela causa de YHWH.18Inclina teu ouvido, ó meu Elohyim, e ouve. Abre deveras os teus olhos e vê as nossas condições desoladas e a cidade que se chamou pelo teu nome; pois não é segundo os nossos atos justos que lançamos os nossos rogos diante de ti, mas segundo as tuas muitas misericórdias.19Ó YHWH, ouve deveras. Ó YHWH, perdoa deveras. Ó YHWH, presta deveras atenção e age. Não tardes, por tua própria causa, ó meu 'Elohyim, pois o teu próprio nome foi invocado sobre a tua cidade e sobre o teu povo.”

- Vemos ai a questão da Humilhação e da Tefilah voltada ao reconhecimento e arrependimento  ( Isso que é Teshuvá verdadeira ) - 6 : 10 -  Diz -


10 Daniel, porém, assim que soube que se assinara a escritura, entrou na sua casa, e, com as janelas do seu quarto de terraço abertas para ele do lado de Jerusalem (Yarushalayim), foi pôr-se de joelhos, até mesmo três vezes por dia, e orava e oferecia louvor perante seu 'Elohyim, assim como havia feito regularmente antes disso. ( Custume Hebreu - Tefilot 3 x ao dia , voltado para Yarushalayim  ( Dev 6:04 a 09 , Mrc  12 :29,30 ) - Você faz isso .... esperimente a fazer isso ..... todos os dias .... )
- Daniel 12 :
04 “E quanto a ti, ó Daniel, guarda em segredo as palavras e sela o livro até o tempo do fim. Muitos [o] percorrerão, e o [verdadeiro] conhecimento se tornará abundante.”( Foi Selado as palavras , para o tempo Final , para entender Daniel terá que Viver Daniel -- O que mais ele FEZ ....)
- Daniel 10
- 02 -Aconteceu que naqueles dias eu, Daniel, pranteei por três semanas inteiras.
03 Não comi pão saboroso, nem entrou carne ou vinho na minha boca, e não me untei de maneira alguma até o término das três semanas inteiras. ( Jejum de 21 Dias ......... - Como se faz esse Jejum : - abre-se ao por do sol , e a cada por do sol , você comi legumes , e bebe água , e continua até completar as 3 semanas ! )
- Daniel 12 :13 Diz
- 13-“E quanto a ti mesmo, vai para o fim; e descansarás, porém, no fim dos dias erguer-te-ás para [receber] a tua sorte.”
- Não se entende as escrituras se não VIVER DANIEL , faça isso e verá o que acontece em sua vida .

- Shalom aleichêm !!!!!!! 
 
 
- Boa Reflexão : Todah  YHWH !

Emet (verdade)

- Yochanan 8:32 Diz
-
32e conhecereis a verdade, e a verdade vos libertará.” 
- Apartir do momento em que conhecemos a EMET ( Verdade) , passamos a Estár libertos !
-Libertos de que .....  ( Vamos meditar nisso aqui .....)
- 8:
34 Yashua respondeu-lhes: “Digo-vos em toda a verdade: Todo praticante do pecado é escravo do pecado . ( Isso é uma Verdade - Emet ...)
- Quando se comete um delito , Esse então é detido para ser Julgado ( sendo ele : Absolvido ou condenado ) - Precisamos entender uma coisa muito importante :- As LEIS são contra os Pecados e não contra os pecadores ...... ( Como assim..) - Romanos 6:23 - O Salário do pecado é a MORTE .... ( Consequentemente o Salário da Obediencia é a VIDA !) , - foi dito:- Todo praticante do pecado é escravo do pecado. ( Isso : refere-se a que todo praticante do pecado ,se torna escravo ,ou seja preso a ele .... isso gera morte ..... por cada vez mais ser praticante dele ...... ( Se levarmos em conta que UM Dia 'Yom' para YHWH , é de Mil anos e mil anos Um Dia 'Yom' - 2Kefá - 3:08- leiam )
- Be'Resht 2 :
17Mas, quanto à árvore do conhecimento do que é bom e do que é mau, não deves comer dela, porque no dia em que dela comeres, positivamente morrerás.”
 ( No Dia (Yom) , esse dia refere-se a um dia milenar ( Mil anos ) , nenhum Homem viveu mil anos , o maximo foi 969 anos Matushelá ... portanto a palavra de YHWH se cumpre desde o Eden ....... - No Exemplo de Kaim , é mostrado que o Criador : - É contra o Pecador e não contra o Pecador ..... pois deu um sinal  Kaim ,para que ninguém o Mata-se ( pois ele Morreria pelo seu proprio pecado ..)
- Be'resht 4:
6Então YHWH disse a Kaim: “Por que se acendeu a tua ira e por que descaiu o teu semblante?7Se te voltares para fazer o bem, não haverá enaltecimento? Mas, se não te voltares para fazer o bem, há o pecado agachado à entrada e tem desejo ardente de ti; e conseguirás tu dominá-lo?”

 - Vejamos : - O 666 , sistema Politico , Religioso e Economico ...... apostado do Criador , está operando até que YHWH , coloque todos os seus inimigos debaixo dos seus pés ,
- 2* Tesselonica 2:
6E assim, agora sabeis o que age como restrição, visando que ele seja revelado no seu próprio tempo devido.
7Verdadeiramente, o mistério daquilo que é contra a lei (Toráh)já está operando; mas apenas até que aquele que agora mesmo age como restrição esteja fora do caminho.
( Kohelet 3:01 - Para tudo a um tempo debaixo do Shamayim ...)
- Yashua - Davar (Palavra ) de YHWH , é uma espada de DOIS GUMES - ( Rev 1:16 - leiam)
- Separa Bodes (Desobedientes) de Ovelhas ( Obedientes ) - Mat 25: 32,33 - Leiam...
- Voltando aqui : ( Temos que entender isso .....) - Está no controle de YHWH !!!
- 2 Tess 2 :
9Mas a presença daquele que é contra a lei (Toráh) é segundo a operação de Satan, com toda obra poderosa, e sinais e portentos mentirosos,10 e com todo engano injusto para com os que estão perecendo, em retribuição por não terem aceito o amor da verdade, para que fossem salvos.11 De modo que é por isso que 'Elohyim deixa que vá ter com eles a operação do erro, para que fiquem acreditando na mentira,12 a fim de que todos eles sejam julgados, porque não acreditaram na verdade, mas tiveram prazer na injustica. ( Tudo isso acontece com a permissão de YHWH , porque ele colocará todos os inimigos , debaixo dos pés dele .... como está escrito - Atravez de Yashua (Davar - dele ) Ele fará isso- )
-  Será Dado conforme o Coração ( Por isso a circuncisão do Lev- Coração vem em primeiro ....)
- YirmiYah 17:09,10 Diz :
-
9“O coração é mais traiçoeiro do que qualquer outra coisa e está desesperado. Quem o pode conhecer?
10Eu, YHWH, esquadrinho o coração, examino os rins, sim, para dar a cada um segundo os seus caminhos, segundo os frutos das suas ações. ( Está claro : - Dará conforme ao fruto de suas ações....... - Onde está seu Coração - Lev , estará seu Tesouro ....... )
- Nós que Amamos a YHWH , e o Obedecemos , temos que ficar atentos em Tefilah e jejum , buscando dele, para não sermos enlaçados ,pelo nossos proprios desejos e engodos (erros), sendo libertos e obedientes em todas as ações ..... e em todas as circunstâncias , para sermos aprovados por Ele ..
- Ya'akov Ha'Tsadik  1 :
12Feliz o homem que estiver perseverando em provação, porque, ao ser aprovado, receberá a coroa da vida, que YHWH prometeu aos que continuarem a amá-lo.13Quando posto à prova, ninguém diga: “Estou sendo provado por 'Elohyim.” Pois, por coisas más, 'Elohyim não pode ser provado, nem prova ele a alguém.14Mas cada um é provado por ser provocado e engodado pelo seu próprio desejo.15Então o desejo, tendo-se tornado fértil, dá à luz o pecado; o pecado, por sua vez, tendo sido consumado, produz a morte.
- Então : Devemos está fora, de todas as coisas que são contrarias a Palavra de YHWH e seu ensinamento , sendo vigilantes a todo tempo ...
- Shoftyim ( Juizes ) 2:
2E vós, da vossa parte, não deveis concluir nenhum pacto com os habitantes desta terra. Deveis demolir seus altares.’ Mas não escutastes a minha voz. Por que fizestes isso?3Por isso eu disse, da minha parte: ‘Não os expulsarei de diante de vós, e eles têm de tornar-se ciladas para vós, e seus deuses servirão de laço para vós.’”
- Não conclua nenhum pacto com os habitantes desta terra , está claro ai .....( Nem com esses Governos ..... Nichodianos  que ai estão ......)
- Devemos está for a de todas essas passeatas ativistas e de tudo tipo de protesto ,ou qualquer coisa parecida ........ vamos buscar de YHWH ......
- Veja : Temos o exemplo em ESTHER ( Chadassá)
- Tanto Esther , como Mordechayi e todos , entraram em tefilot e jejum ,buscando de YHWH , para reverter a situação ..... em que o povo se encontrava ........ ( Devemos fazer isso .....)


 - Boa Reflexão : Todah  YHWH !

O gigante acordou


BROA DE FUBÁ


3 ovos
1 copo de açúcar
1 copo de fubá
1 1/2 copo de farinha de trigo
1/2 copo de óleo
2 colheres de margarina
1 pitada de sal
2 copos de leite
1 colher rasa de fermento em pó

MODO DE PREPARO

Bata os ingredientes no liquidificador, menos a farinha de trigo e fermento em pó
Despeje em uma vasilha e misture a farinha de trigo e o fermento em pó com auxílio de uma colher,
Unte a forma com óleo e farinha de trigo e asse em forno médio por 30 minutos aproximadamente

Lasanha de abobrinha

700GRS DE ABOBRINHAS 
FATIADAS
300GRS DE QUEIJO BRANCO FATIADO
150GRS DE MUSSARELA FATIADA OU RALADA
2 TOMATES PICADOS EM RODELAS
1 CEBOLA GRANDE PICADA EM RODELAS
AZEITE E ORÉGANO A GOSTO

COMO FAZER:

EM UMA ASSADEIRA COLOQUE UM POUCO DE AZEITE FAZENDO

 A FUNÇÃO DE UNTAR, EM SEGUIDA ABOBRINHA FATIADA
  EM SEGUIDA O QUEIJO BRANCO, TOMATE, CEBOLA, AZEITE E ORÉGANO POR CIMA,  FINALIZA COM ABOBRINHA E EM SEGUIDA TAMPE A ABOBRINHA COM QUEIJO MUSSARELA, PARA GRATINAR. FORNO JÁ AQUECIDO, ASSAR POR 35 MINUTOS FOGO MÉDIO

Bacalhau

Ingredientes

1 posta de bacalhau
1 tomate vermelho
1 pimentão vermelho
1 cebola
Azeitonas pretas
2 ovos
1 batata
1 batata doce
1 cenoura
Azeite

Modo de fazer:


 tire o sal do bacalhau no dia anterior. Deixe de molho na água e vá trocando a água até o momento do preparo. Pique todos os ingredientes em rodelas, menos as azeitonas. Em uma panela grande coloque o bacalhau, os ingredientes picados, os ovos inteiros. Complete com água e coloque para ferver, aproveite para ferver os ovos junto.
Após cozimento dos legumes, escorra água, reserve apenas um pouco da água. Em uma travessa que vai ao forno, arrume todos os ingredientes. Abra os ovos cozidos e pique em rodelas também. Coloque as azeitonas. Jogue por cima um pouco da água reservada e azeite.
Leve ao forno com papel alumínio e vá controlando o momento certo para servir. Quando o bacalhau estiver assado e os legumes mais sequinhos é o ideal.
Pode-se servir junto um pouco de azeite quente para despejar por cima da posta.
Fica ótimo com vinho seco branco e arroz branco.

MOLHO DE TOMATE A MODA BAIANA


Ingredientes


• 1/2 lata de tomates pelados, escorrida (200g)
• 1 colher (sopa) de óleo de canola
• 1 dente de alho
• 1 cebola ralada
• 1 colher (chá) de pimenta calabresa seca em flocos
• 1 colher (sopa) de coentro picado
• Sal a gosto
• 1 colher (sopa) de azeite de dendê, ou a gosto

Modo de preparo

1. Corte os tomates grosseiramente. Reserve
2. Em uma panela, esquente o óleo junto com o alho,

 a cebola e a pimenta em flocos. Misture e refogue por uns minutos.
3. Acrescente os tomates. Eles vão soltar água, mas se 

ainda assim ficar muito seco adicione água gradativamente.
 Mexa com força esmagando os tomates contra o fundo da panela.
4. Desligue o fogo e passe o molho por uma peneira, apertando

 bem para soltar toda a polpa do tomate. Volte ao fogo, tempere
 com sal, coentro picado e o azeite de dendê.

BOM BOCADO DE FUBÁ DE LIQUIDIFICADOR

Ingredientes

• 2 ovos
• 1 1/2 xícara de açúcar
• 2 xícaras de leite
• 1/2 xícara de fubá
• 1 colher (sopa) de manteiga ou margarina
• 1 colher (sopa) de fermento em pó
• 1/2 xícara de coco ralado seco
• 1 colher (sopa) de queijo parmesão ralado
• 1 colher (sopa) de farinha de trigo

• Manteiga para untar

• Farinha de trigo para polvilhar

1. Bata todos os ingredientes no liquidificador
 Unte com manteiga uma forma de 16 x 25 cm.
Polvilhe a forma com farinha de trigo.
2. Coloque a massa na forma asse em forno
 pré aquecido (180ºC) por 50 minutos
 aproximadamente.
 Depois de frio, corte em quadradinhos.

Pão caseiro.

2 copos e 1/2 de água morno
2 colheres de sopa de açúcar
1 colher de sal
1 ovo
1 copo de óleo
1 kg de farinha de trigo
50 g de fermento de padaria

MODO DE PREPARO
Misturar o fermento de padaria na água morna
Levar ao liquidificador o açúcar, o óleo, o sal, o açúcar, o ovo e a água com o fermento
Bater por alguns minutos
Colocar em uma bacia grande esta mistura e acrescentar o trigo aos poucos,

 misturando com as mãos
 (a quantidade de trigo suficiente se dá quando a massa não grudar em suas mãos)
Deixar crescer por 1 hora
Dividir a massa em partes e enrolar os pães
Deixar crescer novamente por 40 minutos
Levar para assar por mais ou menos 30 minutos

quarta-feira, 19 de junho de 2013

Quem foi Daniel ! O que ele fez !


Shabbat Shalom !!

- Para Meditar : Quem foi Daniel ! O que ele fez !
- Vamos ao Tanach 
- "Ainda que Noé, Daniel e Jó estivessem no meio dela, vivo eu, diz YHWH Elohiym, que nem um filho nem uma filha eles livrariam, mas somente eles livrariam as suas próprias almas pela sua justiça." (Ezequiel 14 : 20)
- Daniel está como um Justo !
- Seria Daniel um Naviy ......
- "E entre eles se achavam, dos filhos de Judá, Daniel, Hananias, Misael e Azarias;" (Daniel 1 : 6)
- Vemos que Daniel é da tribo de Judah !!
- Não houve nenhum profeta (Naviy) da tribo de Judah : Portanto Daniel não foi um profeta !
- "Quanto a estes quatro jovens, Elohiym lhes deu o conhecimento e a inteligência em todas as letras, e sabedoria; mas a Daniel deu entendimento em toda a visão e sonhos." (Daniel 1 : 17)
- Daniel tinha todo o entedimento da letra ,sabedoria, e mais ainda : foi dado a Ele todo entendemento de Visão e sonhos !
- Então o livro de Daniel : que foi selado para o tempo do Fim , não poderia ser compreendido pelos sabios do passado por estarem for a do tempo da compreensão desse livro ( Kohelet 3:01 - tudo se tem um tempo debaixo do shamaiym ),asim como Daniel e os demais se oposeram a comer as delicias de Bavel , e tiveram assim a separação nescessaria para entender todas as coisa .
- Todas as visões e interpretações quantidas no sefer Daniel , explicarão coisas e acontecimentos no tempo final !
- Daniel interpretou sonhos do rei de Bavel !!
- Portanto as coisas dadas em Bavel , seriam compreendidas no tempo do fim , por aqueles que se separa-se como Daniel e os seus fizeram !
- Boa Reflexão : Todah !

Os esquecidos



Estamos no mundo dos esquecidos

E perdidos dentro de sua memória

Você está se arrastando, seu coração foi partido

Porque todos nós sucumbimos na história

Onde foi parar o tempo no mundo?

É onde seu espírito parece ter ido vaguear

Como perder fé em nosso abandono

Ou um corredor vazio de um lar despedaçado

Não desvie os olhos

Dos braços de um sonho ruim

Não desvie os olhos

Às vezes você está melhor perdido do que quando visto

Eu não me sinto estranho, e sim mais como assombrado

Outro momento preso no tempo

Eu não consigo explicar direito

Mas é como uma criança que foi deixada para trás

Então, estamos no mundo dos esquecidos

Como soldados de uma longa guerra há muito perdida

Nós compartilhamos as cicatrizes do nosso abandono

E o que lembramos se torna folclore

Bem, não desvie os olhos

Dos braços de um sonho ruim

Não desvie os olhos

Às vezes você está melhor perdido do que quando visto

Não desvie os olhos

Dos braços de um momento

Não desvie os olhos

Dos braços do amanhã

Não desvie os olhos

Dos braços de um momento

Não desvie os olhos

Dos braços do amor

Não desvie os olhos

Dos braços de um sonho ruim

Não desvie os olhos

Às vezes você está melhor perdido do que quando visto

Não desvie os olhos

Dos braços de um momento

Não desvie os olhos

Dos braços do amanhã

Não desvie os olhos

Dos braços de um momento

Não desvie os olhos

segunda-feira, 17 de junho de 2013

A força esta em ti.

A força está em ti por isso és tão capaz de criar!
 Apenas cuida das tuas criações...
 O amor está em ti, por isso és um com D'us!
 Procura não esquecer este detalhe...
 A Beleza, a leveza, a doçura estão em ti...
 Apenas usufrui, apenas permite ser!

A compreensão, a gentileza e a alegria são
 atributos que a ti pertencem. Apenas partilha com
 os teus e verás a realidade que o Criador deixou para ti!
 Um mundo feito de amor, uma vida inteira de Bênçãos,
 um oásis no deserto não são suficientes para te 
fazerem feliz quando não é isto que Buscas para ti!

Eshet Chayil (mulher virtuosa)


Perdão

Eu te peço perdão por te amar de repente
Embora o meu amor seja uma
velha canção nos teus ouvidos
Das horas que passei à sombra dos teus gestos
Bebendo em tua boca o perfume dos sorrisos
Das noites que vivi acalentado
Pela graça indizível dos teus passos eternamente fugindo
Trago a doçura dos que aceitam melancolicamente.
E posso te dizer que o grande afeto que te deixo
Não traz o exaspero das lágrimas
nem a fascinação das promessas
Nem as misteriosas palavras dos véus da alma...
É um sossego, uma unção, um transbordamento de carícias.
E só te pede que te repouses quieta, muito quieta
E deixes que as mãos cálidas da noite encontrem
sem fatalidade o olhar extático da aurora.

- Vinicius de Moraes -

Rosh Hashana 5770.

Esta festa foi maravilhosa!!!