quarta-feira, 25 de janeiro de 2017

Tehilim 27

O Eterno é a luz que me guia e a fonte de minha salvação; a quem, então, temerei? Ele assegura minha existência; o que eu haveria de recear?  Se malévolos me atacam e me pretendem destruir; tropeçam e caem. Ainda que me cerque um exército, não se deixará abalar meu coração e mesmo que desfechem guerra contra mim, minha fé permanecerá inabalável. Um anseio manifestei ao Eterno e sua realização buscarei – que eu habite em Sua Morada por todos os dias de minha vida, a fim de poder contemplar Sua gória e buscar a compreensão de Seus mandamentos. Se uma calamidade ocorrer, Ele me abrigará em Seu Tabernáculo; guardar-me-á no recôndito de Sua Tenda, erguer-me-á acima do cume das montanhas. Protegido contra os inimigos que me quiseram destruir, trarei então oferendas de gratidão à Sua Tenda e entoar-Lhe-ei canções de louvor. Escuta, ó Eterno, minha voz, apieda-Te de mim e concede-me Tua resposta quando a Ti eu clamar. Meu coração compreendeu Teu mandamento – 'Buscai Minha presença' – e Tua presença ele busca.  Não ocultes de mim Tua face e não me afastes de Ti em ira. Tu tens sido meu socorro, portanto não me abandones e não me olvides, ó D'us de minha salvação! Abandonaram-me meu pai e minha mãe, mas o Eterno me acolheu.  Ensina-me Teus caminhos, guia-me pela vereda dos justos e protege-me dos que me odeiam. Não permita que prevaleça contra mim o furor dos inimigos que caluniam e trilham as sendas da violência. Eles me fariam desesperar, não fora minha fé perseverante de que alcançaria neste mundo a bondade do Eterno. Confia pois Nele! Assim, fortalecer-se-á teu coração por depositares no Eterno toda a tua esperança.

terça-feira, 24 de janeiro de 2017

Lashon Hará (Língua mal).

Lashon Hará ( Lingua mal) Fofoca... traz lepra na alma de quem fala e de quem ouve...
Cuidado com a Lashon Ha'rah, a justiça do Eterno vem....as pessoas que usam a língua pra Lashon Ha'rah, são cheias de lepras, não uma lepra física mas suas almas estão leprosas...
"A língua também é um fogo; como mundo de iniquidade, a língua está posta entre os nossos membros, e contamina todo o corpo, e inflama o curso da natureza, e é inflamada pelo inferno. Porque toda a natureza, tanto de bestas feras como de aves, tanto de répteis como de animais do mar, se amansa e foi domada pela natureza humana; Mas nenhum homem pode domar a língua. É um mal que não se pode refrear; está cheia de peçonha mortal. Com ela bendizemos a D'us, e com ela amaldiçoamos os homens, feitos à semelhança de D'us. De uma mesma boca procede bênção e maldição. Meus irmãos, não convém que isto se faça assim".Tg 3,6-10
Lashon Hará (em hebraico לשון הרע) é um termo judaico para 'fofoca', 'calúnia' ou mesmo difamação para com alguma pessoa seja contra um judeu ou contra um não-judeu. Maimônides, em seu comentário sobre Pirkei Avot (Ética dos Pais) Condena tanto o lashon hará como qualquer outro ato que venha a quebrar uma lei da halachá, a lei judaica.
Lashon hará é uma observação negativa verdadeira sobre outra pessoa. A Torá nos proíbe de fazer tal declaração ou de dar ouvidos a ela. Nossos sábios nos ensinam que um judeu que fala lashon hará peca tão gravemente como um assassino, um adúltero ou um idólatra. Na época do Bet Hamicdash um judeu que falasse lashon hará era punido com tsaráat."

domingo, 22 de janeiro de 2017

Tehilim

Bem-aventurado o homem que não segue os conselhos dos ímpios, não trilha o caminho dos pecadores e nem participa da reunião dos insolentes; mas, ao contrário, se volta para a Torá do Eterno e, dia e noite, a estuda. Ele será como a árvore plantada junto ao ribeiro que produz seu fruto na estação apropriada e cujas folhagens nunca secam; assim também florescerá tudo que fizer. Quanto aos ímpios, são como o feno que o vento espalha. Nem eles prevalecerão em julgamentos, nem os pecadores na assembleia dos justos; pois o Eterno favorece o caminho dos justos, enquanto o dos ímpios os conduz à sua ruína.